Portuguese English French Spanish
  • Lisboa

Nazaré

A Nazaré é uma vila portuguesa, sede do concelho homónimo, da sub-região do Oeste, região Centro, com cerca de 10 300 habitantes e possui praia com bandeira azul de excelente qualidade.

O actual espaço urbano da vila aglutina três antigos povoados, Pederneira, Sítio da Nazaré e Praia da Nazaré e novos bairros da segunda metade do século XX, como a Urbisol ou o Rio Novo, surgidos em consequência da expansão natural dos três núcleos primitivos.

O município e a freguesia designaram-se Pederneira até 1912, ano em que, por lei, o topónimo foi alterado para Nazaré. O antigo concelho da Pederneira teve foral, em 1514, dado por D. Manuel I, e esteve integrado nos coutos de Alcobaça.

A Pederneira, actualmente um dos bairros da vila da Nazaré, mantém ainda o edifício dos antigos Paços do Concelho, o pelourinho, a igreja Matriz de nossa Senhora das Areias e a igreja da Misericórdia, como testemunhos da sua antiga condição de vila sede de concelho.

É impossivel falar da Nazaré sem referir Mclaren, Macareus, Mácaren entre outros nomes que surfaram a onda de 30m.

O Canhão da Nazaré, ou Cana da Nazaré é um desfiladeiro submarino de origem tectónica situado ao largo da costa da Nazaré, Portugal, relacionado com a falha da Nazaré-Pombal, começa a definir-se a cerca de 500 metros da costa. Considerado por muitos o maior da Europa, separa a costa da Península Ibérica na direção este-oeste desde a plataforma continental, numa extensão de cerca de 211 km começando a uma profundidade de 50 metros até à planície abissal Ibérica onde atinge profundidades na ordem dos 5000 metros.

O Canhão de Nazaré também funciona como um polarizador de ondulações. As ondas conseguem viajar a uma velocidade muito maior pela falha geológica, chegando na costa praticamente sem dissipação de energia. A Praia do Norte, na cidade de Nazaré (Portugal), apresenta consistentemente ondas significativamente maiores do que o restante da costa portuguesa por conta do Canhão de Nazaré.

No dia 01/11/2011 o surfista Havaiano, Garrett McNamara surfou (na região conhecida como Norte do Canhão), uma onda medida pelo Billabong XXL Global Big Wave Award de 2011 com 78 pés, entrando para Guiness Book of Records4 , mostrando como o canhão de Nazaré tem potencial para a prática de tow-in em ondas gigantes.5 6 Mais uma vez no dia 28/01/2013 o surfista Havaiano, Garrett McNamara surfou uma onda calculada em 34 m (112 ft) que poderá bater o seu recorde anterior, já considerada a maior de sempre, segundo o Guinness.7 8 Especialistas mediram essa onda em 30 metros, mas a medição não é oficial pois McNamara a retirou do concurso.

No dia 28/10/2013 o surfista veterano, Carlos Burle surfou uma onda que pode bater o anterior record de 2011.